PASTOR FECHA IGREJA E SOME DE CIDADE DEPOIS DE SER ACUSADO DE ABUSO SEXUAL

Depois de ser acusado de cometer abuso sexual contra um menino de 12 anos, o pastor Gerson, conhecido como Baianinho, fechou a igreja que ficava no bairro Vila Verde, em Três Lagoas, e sumiu da cidade. O suposto estupro ocorreu depois de uma oração.
Segundo o delegado Alessandro Rogério de Mendonça Capobianco, o inquérito policial já foi instaurado e as investigações ocorrem em segredo de Justiça. “Estamos ouvindo testemunhas, fieis e outras pessoas. Por enquanto, posso falar que esse pastor sumiu, abandonou a igreja e não foi localizado”, contou.
Capobianco explica que as informações sobre as investigações não podem ser divulgadas na totalidade para preservar a integridade da vítima. O que se sabe é que o pastor veio do estado da Bahia e instalou uma igreja evangélica em Três Lagoas no início de janeiro de 2014.
Não gostou da oração – A vítima relatou que recebeu sexo oral do pastor porque ele não teria gostado da oração feita pelo fiel.
À policia, a criança disse que foi ensaiar música na igreja quando foi convidada pelo pastor para orar. Após a oração, o líder da igreja teria dito que o menino precisava ser ungido por ter feito uma oração ruim.
“Eu não gosto de fazer oração desse jeito, mas vou ter que fazer”, disse a vítima fazendo referência as palavras do pastor. O líder religioso teria abaixado a bermuda do garoto e cometido o abuso. A criança saiu correndo e avisou mãe, que acionou a polícia.

http://www.fatimanews.com.br/noticia/detalhe/pastor-fecha-igreja-e-some-de-cidade-depois-de-ser-acusado-de-abuso-se/155765

Anúncios

LEIA ANTES: os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição de "Kerigma, A Proclamação da Palavra". Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. O espaço para comentários é encerrado automaticamente após quinze dias de publicação do post.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s