Para pensar um pouco…

O mundo não quer saber a motivação profunda da vida e da moral católica; já não compreende o que é ser cristão, não consegue distinguir o cristianismo de uma pretensão de ser politicamente correto…
O mundo não quer saber nem pode compreender a essência da Igreja e as consequências do ser cristão porque todas as exigências do cristianismo nascem do encontro vivo e vivificante, transformador, com Alguém que o mundo jura que está morto, mas que os cristãos sabem que está vivo, ressuscitado; Alguém a Quem amamos, que nos interpela, que é exigente e faz de nós criaturas novas.

A moral cristã somente pode ser compreendida plenamente por corações renovados. Diante dessa não compreensão da novidade do Evangelho, diante dessa incapacidade de apreciar e saborear as coisas que nascem do encontro com Cristo no Espírito Consolador que nos revela o pensamento de Deus e nos faz saborear as coisas do Céu, o mundo olha o cristianismo como algo meio exótico e anacrônico.

Resta-lhe, então, apegar-se a questões pitorescas, escandalosas, secundárias e polêmicas – presentes na Igreja desde o princípio do cristianismo. E nisso fica. Eis a agenda cristã para o mundão: preservativos, moral sexual, casamento dos padres, união gay, ordenação de mulheres, e por aí vai. Como se essas coisas fossem o essencial.

Mas, a questão é outra, bem diferente, bem mais profunda, bem definitiva: é a de ter encontrado o Senhor, de aderir a Cristo com paixão, experimentá-Lo de verdade, Nele crendo e estando disposto a por Ele dar a vida, mudando totalmente o modo de pensar, sentir, julgar, falar e agir. O nome disto? Conversão – a primeira palavra da pregação de Jesus: “Convertei-vos e crede no Evangelho! Se não vos converterdes, perecereis todos!

Anúncios

LEIA ANTES: os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição de "Kerigma, A Proclamação da Palavra". Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. O espaço para comentários é encerrado automaticamente após quinze dias de publicação do post.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s