Sobre o sacramento do BATISMO:

Devido a prática muito comum principalmente no interior, resolvi fazer este post.

Achei que era de conhecimento de todos os católicos, porém me enganei depois de me deparar com uma cena deprimente de batismo “em casa” sem justa causa, e “outro batismo” na Igreja, com padrinhos diferentes. Sobre isso é preciso fazer algumas observações:

– O Batismo pode ser feito por qualquer pessoa, mesmo leiga, Nosso Senhor Jesus Cristo, por seu infinito amor instituiu o batismo, e permitiu que ele fosse feito por qualquer pessoa. O Batismo é um só, o Sacramento instituído por Nosso Senhor. Como esse Sacramento é o mais fundamental e o primeiro de todos, Nosso Senhor concedeu que ele pudesse ser administrado por qualquer homem que tivesse a intenção de fazê-lo, mesmo se não fosse católico e sequer crente. Basta realizar o rito (verter água sobre a cabeça dizendo a fórmula correta) com a intenção de fazer o que a Santa Igreja faz toda a vez em que o administra. E ele é válido. É por isso que muitas seitas protestantes têm o Batismo válido, porque eles o realizam corretamente: mas o batizado não se torna a partir daí membro da seita protestante, e sim membro da Igreja católica. Só quando ele crescer e receber a catequese protestante é que ele pode passar à heresia, mas isso já é outro ponto.

– O Batismo é UM SÓ. “Um Só Batismo (Efésios 4). E não pode ser feito duas vezes. Batizar duas vezes, é sacrilégio, abuso do sacramento. É o mesmo que uma pessoa que está unida ao sacramento do matrimônio com outra, querer casar novamente, tendo o primeiro casamento válido. Portanto, NÃO EXISTE dois batismos. Mas apenas um. Se o batismo de casa foi válido, não há motivo para batizar novamente, e o sacerdote fará apenas a confirmação na Igreja, com a presença dos mesmos padrinhos que estiveram no “batismo feito em casa.

– O Batismo, como foi dito, pode ser feito por qualquer pessoa, PORÉM, só é lícito feito em casa, SE a criança correr risco de vida, perigo de morte, e não tiver sacerdote por perto. Em outros casos, sem justa causa é PECADO batizar a criança em casa. (É Válido, mas não é lícito, não é correto e é pecado).

– Antigamente, por causa da dificuldade de acesso e falta de Clero, os Padres visitavam poucas vezes por ano o interior, de modo que quando apareciam “batizavam, crismavam, casavam, confessavam e davam a Primeira Comunhão a todo o mundo”. Então muitas vezes as famílias se viam obrigadas a batizar os filhos por conta própria, para evitar que a criança ficasse muito tempo sem receber a graça santificante, sobretudo quando se havia risco de morte. Ora, como na ausência de Padre, em circunstâncias extraordinárias, qualquer pessoa pode ser o ministro do Batismo, no interior sempre houve Batismo em casa. Mas quando o Padre aparecia ele fazia os ritos complementares do Sacramento e o registro na paróquia. Hoje em dia, com a instalação de tantas paróquias no interior e a maior facilidade de acesso às pequenas cidades e zonas rurais torna-se muito mais raro a necessidade de Batismo em casa. Por isso, os párocos devem instruir os fiéis do interior que o Batismo em cada não deve ser feito a não ser em caso de legítima necessidade (risco de morte, ausência por tempo considerável de sacerdote, etc).

– Não se batiza duas vezes nunca! Assim como não se casa duas vezes, e não se crisma duas vezes. Não podemos “brincar de sacramento”. Isso é coisa séria.

– O Padre NÃO DEVE impedir o batismo da criança, por nenhum motivo, mesmo que os pais não sejam casados na Igreja, mesmo que seja mãe solteira o batismo não deve, sob nenhuma hipótese ser negado à criança. E os pais NÃO DEVEM adiar o batismo mais do que um mês. Se for adiado mais que um mês, sem justa causa, os pais cometem pecado mortal.

– Os Padrinhos do batismo tem o significado de EDUCAR NA FÉ, e não “dar presentes”. Os Padrinhos devem rezar pelo afilhado e ensinar a fé católica e ele. E deve-se levar de preferencia um casal, CASADOS NA IGREJA, e não deve levar amasiados, mães solteiras, irresponsáveis ou pessoas que não professam a fé católica.

Espero que este post tenha sido útil para alguém. Por mais que alguns pensem que se trata de algo óbvio, me deparei com tanta desinformação e erros por parte de muitos, que resolvi fazer este post para esclarecer e instruir na fé.

CAIAFARSA

Anúncios

LEIA ANTES: os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição de "Kerigma, A Proclamação da Palavra". Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. O espaço para comentários é encerrado automaticamente após quinze dias de publicação do post.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s