Síria: Incerteza sobre o futuro dos cristãos reféns dos jihadistas

Os cristãos dos vilarejos do vale do Khabur que se tornaram reféns dos jihadistas do Estado Islâmico (EI) continuam a estar nas mãos de seus sequestradores, e seu futuro parece relacionado também à evolução dos equilíbrios militares na região.

“Temos sinais – refere à Agência Fides o Arcebispo Jacques Behnan Hindo, à frente da arquieparquia sírio-católica de Hassakè-Nisibi – que o exército está para atacar a região que se encontra ao sul de Qamishli e ao leste de Hassakè, controlada pelos jihadistas do Estado Islâmico. Se a operação militar tiver efeito, poderia depois dar o aval para libertar os vilarejos do vale de Khabur de onde fugiram os assírios e se concentrar, a seguir, em Sheddadi, que é um bastião do Daesh (acrônimo árabe usado para indicar o EI, ndr)”.

Nesta situação incerta, o Arcebispo Hindo refere que não há notícias recentes confiáveis de uma possível libertação dos reféns, e que qualquer indiscrição a propósito deve ser verificada com cuidado. “Pedimos que libertassem pelo menos as crianças e as mulheres, mas até agora isso não aconteceu. O Bispo assírio me disse: só terei certeza da libertação dos reféns quando os vir chegar diante da porta da igreja”. No momento, foram libertados pelos jihadistas somente 23 dos centenas de cristãos tomados como reféns.

Fonte: Fides

Via: Com. Shalom

 

Anúncios

LEIA ANTES: os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição de "Kerigma, A Proclamação da Palavra". Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. O espaço para comentários é encerrado automaticamente após quinze dias de publicação do post.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s