“É vergonhoso a ONU sugerir o aborto em casos de bebês com microcefalia’, afirma Arcebispo de Vitória

O arcebispo de Vitória, Dom Luiz Mancilha Vilela, chamou de perversidade e crime, a recomendação da Organização das Nações Unidas (ONU) para que mulheres grávidas de bebês com microcefalia, provocada pelo zíka vírus, sejam autorizadas a fazerem aborto.

Segundo Dom Luiz, apenas Deus tem o direito de dar e tirar a vida e as famílias devem encarar essa situação como uma missão de Deus. “A vida é dom de Deus, se a criança vem desta forma, ela tem direito a vida, não há porque tirar a vida dela”, afirmou.

O arcebispo disse que, em mais de 40 anos de padre, acompanhou casais com filhos especiais e que isso não era um problema para eles, pois um filho especial leva alegria e amor para o lar. “Um filho especial une a família num só coração. Ele presta um serviço extraordinário. É perverso, é vergonhoso pensar na possibilidade de aborto. Aborto é crime e não há crime que se justifique”, contou.

Para as famílias que têm ou esperam bebês com microcefalia, a mensagem de Dom Luiz é para que elas não percam a esperança. “Cubram essa criança de amor e carinho. Ela é dom de Deus, presente de Deus para nós e sua família”, disse.

A ONU sugeriu que a lei seja modificada em países onde o aborto é proibido, como é o caso do Brasil. Segundo o Ministério da Saúde, aborto só tem amparo legal no país em três situações: quando não há outro meio de salvar a vida da mulher, quando a gravidez é resultado de estupro e nos casos de anencefalia, quando o feto nasce sem cérebro.

Fonte: Rádio CBN Vitória (93,5 FM)
Via Gazeta Online

Anúncios

LEIA ANTES: os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição de "Kerigma, A Proclamação da Palavra". Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. O espaço para comentários é encerrado automaticamente após quinze dias de publicação do post.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s