O que significa as palavras alfa e ômega? E o que representam na arte cristã?

Uppercase_Alpha_and_Omega_in_Times_New_Roman.svgAs letras gregas têm um significado profundo e antigo comum encontrarmos na arte cristã duas letras gregas: o alfa (Α) e o ômega (Ω). Essas duas letras têm uma história antiga no cristianismo e estão enraizadas no livro do Apocalipse, onde Deus diz: “Eu sou o alfa e o ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, que era e que vem, o Todo-Poderoso.” (Apocalipse 1: 8).

Mais tarde, no mesmo livro do Novo Testamento, Jesus atribui essa frase a si mesmo dizendo: “Eu sou o alfa e o ômega, o princípio e o fim. Aos que têm sede, darei gratuitamente de beber da fonte da água viva. Quem vencer terá esta herança, e eu serei o seu Deus e ele será meu filho “(Apocalipse 21: 6-7). E, mais tarde, um capítulo depois, Jesus diz: “Eu sou o alfa e o ômega, o primeiro e o último, o princípio e o fim” (Apocalipse 22:12).

Como se pode observar, desde o início do cristianismo as primeiras e últimas letras do alfabeto grego foram usadas para afirmar a divindade de Jesus Cristo. As letras também eram usadas pelos primeiros cristãos como um monograma para o nome de Jesus e para representá-lo simbolicamente na arte. As letras começaram a ser usadas em representações artísticas no século IV e continuam sendo uma característica-padrão nas igrejas até hoje.

Além disso, as duas letras gregas têm uma correlação espiritual com a antiga compreensão judaica dos atributos de Deus. De acordo com a Enciclopédia Católica, “A palavra hebraica para a verdade é Emeth. Ela é composta por três letras: alef = alfa, mem = mi, e tav = teta. O alef e o tav são as primeiras e últimas letras do alfabeto hebraico como o alfa e ômega são do grego. Assim, o termo Emeth (verdade) começa com a primeira letra do alfabeto e termina com a última. “Os antigos estudiosos judeus viram isso misticamente e acreditaram que “o alef ou a primeira letra de Emeth (verdade) denota que Deus é a primeira de todas as coisas. Não havia ninguém antes Dele de quem Ele pudesse ter recebido a plenitude da verdade. O tav, da mesma maneira, significa que Deus é a última de todas as coisas. Não haverá ninguém após Ele a quem Ele poderá deixar um legado”.

Então, na próxima vez que você vir o alfa e o ômega, pense em Jesus, a Verdade que pode libertá-lo.

Fonte: Aleteia

Anúncios

LEIA ANTES: os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição de "Kerigma, A Proclamação da Palavra". Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. O espaço para comentários é encerrado automaticamente após quinze dias de publicação do post.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s